top of page

Ferramenta Matriz BCG

A Matriz BCG é uma metodologia criada na década de 70, por Bruce Henderson, da Boston Consulting Group, também na década de 1970. Ela tem a função gerenciar o portfólio de produtos e indicar a melhor estratégia de investimentos dentro do Orçamento Empresarial.


Ela também permite melhorar o direcionamento dos investimentos e, consequentemente, aumentar o lucro na empresa. Vamos, então, compreender como ela funciona e como você pode usar essa ferramenta para melhorar seus resultados.

Basicamente, a Matriz BCG permite a compreensão do momento em que cada produto ou serviço se apresenta no mercado. Ela é composta por dois eixos, representadas num gráfico: crescimento do mercado (eixo y) e participação relativa (eixo x)


Cada eixo, por sua vez, é composto por dois setores, resultando em um quadrante, onde são alocadas as categorias: vaca leiteira, estrela, interrogação e abacaxi.


O eixo de crescimento do mercado representa o quanto o mercado vem crescendo e tem espaço para o produto que está sendo analisado. Já o eixo de participação relativa é o quanto deste mercado é dominado pela empresa dentro do nicho: o nível de domínio é alto ou baixo?

Vamos pensar num exemplo para não deixar dúvidas, como o mercado de notebooks, que continua em expansão (eixo do crescimento do mercado). Agora, qual o tamanho da fatia de mercado de notebooks uma Companhia X possui? É a maior parte comparada com seus concorrentes? Nesse caso, estamos nos referindo ao eixo participação relativa.


Em outras palavras, é basicamente fazendo perguntas e respondendo a essas perguntas que você vai classificar os projetos da empresa nas quatro categorias. Por isso a importância de compreender cada uma delas a fundo e qual o comportamento de mercado (tanto de crescimento, como de participação relativa) cada uma representa. Analise a imagem a seguir.


Entendendo cada quadrante da Matriz BCG


Como comentamos a Matriz BCG possui quatro categorias, vamos descrever cada um:


  • Vaca leiteira: aqui estamos falando de um produto ou serviço consolidado e que chegou no limite, pois tem alta participação e baixo crescimento de mercado. Uma avaliação possível, portanto, é de que não vale muito a pena fazer grandes aportes de recursos nele, bastando manter no patamar em que está, sem perder o foco, é claro. 

  • Estrela: essa é a parte da matriz na qual toda empresa quer que seus produtos estejam, pois chegar nesse quadrante significa que o item tem alta participação de mercado e alta possibilidade de crescimento. Quer dizer, então, que há muito potencial e um bom espaço a ser percorrido. 

  • Interrogação: esse é o quadrante no qual a empresa precisa prestar mais atenção. Isso porque o crescimento do mercado é alto e a participação ainda é baixa. Ela não está conseguindo desenvolver todo seu potencial. Então, talvez seja o caso de reservar um aporte financeiro maior no orçamento, fazendo com esse produto ou serviço possa vir a ser uma estrela.

  • Abacaxi: esse é o quadrante que representa um problema. Nele estão os produtos que possuem baixa participação no mercado e baixa taxa de crescimento. Aqui, cabe a pergunta: até que ponto vale a pena investir nesse produto ou serviço? Talvez seja melhor direcionar esses recursos para produtos que tragam um retorno melhor para o negócio.


Pensando no orçamento da empresa, podemos imaginar alguns cenários. Os recursos obtidos com a vaca leiteira podem, por exemplo, ser utilizados para aumentar o potencial dos produtos considerados como interrogação. Dessa forma, aumenta-se a possibilidade de que esse item ganhe espaço no mercado.


Da mesma forma, a empresa pode também identificar a possibilidade de realizar um aporte de investimento maior na estrela, fazendo com que ela aumente seu potencial. Aqui, no entanto, vale um adendo: esse crescimento não dura para sempre. Em algum momento, esse produto ou serviço se tornará uma vaca leiteira, pois alcançará seu limite.


Como é difícil prever como o mercado irá se comportar para toda a gama de produtos que a empresa possuí, simular cenários financeiros por ser uma saída. Imagine que sua organização acabou de lançar um produto, ou seja, ele está no quadrante interrogação, com taxa de crescimento ainda baixa, mas a empresa aumentou o Orçamento de Marketing para que a demanda cresça.


Após alguns meses a demanda cresce absurdamente, isso é sinal que ele virou uma estrela, mas a empresa não estava preparada para atender a uma quantidade tão alta de vendas, causando demora na entrega e muitas reclamações dos clientes. Outra situação que pode ocorrer, é um produto que está no quadrante vaca leiteira, é o carro-chefe da empresa e de repente as vendas caem drasticamente, prejudicando o fluxo de caixa.


Ambas situações a empresa poderia estar preparada se tivesse criado a simulação de cenários. A principal função da Projeção de Cenários é analisar o contexto (interno e externo) no qual a empresa está inserida e identificar fatores futuros que são passíveis de ocorrer. Isto possibilita a empresa uma visão mais clara do cenário atual e permite a tomada de decisão mais fundamentada e precisa.


Faça o download abaixo da aplicação desta ferramenta.

ME_Matriz-BCG
.PDF
Fazer download de PDF • 336KB


2.251 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page